Simulador de
Energia Solar

Fotovoltaica

Orçamento simplificado em 1 MINUTO no seu e-mail






Produza Energia em Casa

1º Passo

Orçamento
Simplificado

Ao preencher o formulário à esquerda, um orçamento simplificado com valores estimados dos custos e da energia gerada pelo sistema fotovoltaico será enviado para seu e-mail.

2º Passo

Orçamento
Detalhado

Após o recebimento do orçamento simplificado, você pode solicitar visita ao local. Será realizado um orçamento detalhado com informações reais sobre os custos e a energia gerada pelo sistema fotovoltaico.

3º Passo

Entrega do
Projeto

Você não precisa se preocupar com nada! Tudo fica por nossa conta, desde a autorização da COPEL/CELESC até o funcionamento do sistema fotovoltaico.

Por que utilizar sistemas fotovoltaicos?

 

  • Proteja-se de aumentos tarifários por mais de 25 anos
  • Produza sua própria energia e reduza sua dependência da concessionária
  • Gere economia a partir do primeiro mês de instalação
  • Valorize seu imóvel
  • A instalação aproveita áreas como telhados e demais espaços disponíveis na propriedade
  • Retorno de até 20% ao ano. Em média um projeto se paga entre cinco e dez anos e dura mais de vinte e cinco. Rende mais que a poupança
  • Baixo impacto ambiental. Emissão zero de CO2 e fonte limpa e renovável

Um sistema solar fotovoltaico é composto pelas placas fotovoltaicas e seus suportes, inversores de frequência e pelo medidor bidirecional. O sistema tem como objetivo converter energia solar em energia elétrica.

É função das placas fotovoltaica coletar a luz solar e transformar em eletricidade. Isso ocorre porque elas são compostas por células fotovoltaicas de materiais semicondutores, o que permite o deslocamento de elétrons quando há a incidência de raios solares, gerando corrente elétrica. Essa corrente elétrica gerada é contínua, logo não pode ser utilizada diretamente pois a rede elétrica utiliza energia em corrente alternada. O inversor é conectado na saída das placas para fazer esse ajuste, e a saída dos inversores é ligada ao quadro de energia e, assim, a eletricidade pode ser utilizada na residência.

Para maior aproveitamento da luz solar, as placas devem ser posicionadas em relação ao Norte geográfico, e devem ter uma inclinação de, no mínimo, 10º, de modo a permitir a limpeza dos mesmos por meio das chuvas e evitar a aderência de sujeiras.

Por fim, é necessária a troca do medido convencional por um medidor com leitura bidirecional, que registra além da energia recebida da distribuidora, a energia que está sendo injetada na rede elétrica. Caso a energia gerada seja maior do que a energia consumida, o excedente é convertido em crédito, que poderá ser utilizado em um prazo de até 60 meses na mesma ou em outra unidade consumidora, desde que o titular seja o mesmo.

Para a instalação de um sistema solar fotovoltaico residencial podem ser cobrados, porém isso raramente acontece, custos por parte da concessionária caso haja a necessidade de alterar, reforçar ou substituir algum componente da rede. Se alguma dessas mudanças for necessária, o prazo máximo para a liberação da ligação do sistema à rede muda de 15 para 30 dias.

Algumas vantagens do sistema fotovoltaico:

  • A energia fotovoltaica é renovável;
  • Não faz barulho;
  • Reduz a emissão de gás carbônico na atmosfera;
  • Facilidade na manutenção da limpeza.

Quais são os custos envolvidos em um projeto fotovoltaico?

Os custos do projeto legalizado, dos materiais e equipamentos e da mão de obra de instalação.

O que é o projeto legalizado?

O projeto legalizado consiste no projeto fotovoltaico formalizado e autorizado pela COPEL/CELESC. Solicitaremos à COPEL/CELESC a autorização para a ligação do sistema fotovoltaico à rede e, em um prazo de 15 a 30 dias, ela liberará o acesso. Além disso, também solicitaremos a inclusão do medidor bidirecional, item obrigatório na geração fotovoltaica. O cliente não precisará se preocupar com nenhuma etapa do projeto fotovoltaico.

Quais são os materiais e equipamentos utilizados?

Os produtos que trabalhamos são de alta qualidade. Os painéis solares são da marca Canadian e possuem 25 anos de vida útil e 10 de garantia. Já os inversores são da marca Fronius, com vida útil de 20 anos e 5 de garantia. Ambas são tidas como marcas de referência no mercado fotovoltaico.

Qual é a manutenção necessária?

A manutenção é necessária para manter os painéis sempre limpos. Em geral, uma limpeza por ano é o suficiente, desde que os painéis não estejam sujos com poeira grossa, folhas grudadas ou fezes de pássaros.

Se a energia da COPEL/CELESC acabar, poderei continuar produzindo a minha?

Não. Por questões de segurança, quando a energia da COPEL/CELESC acaba, o sistema
fotovoltaico não pode estar conectado à rede. Portanto, quando a energia da COPEL/CELESC acabar,
sua
residência ficará ser energia.

Qual é o custo para a instalação de um banco de baterias para armazenar
energia?

O custo é elevado e o rendimento é baixo. Portanto, o uso de banco de baterias só é justificado quando o sistema deve operar de forma isolada, pois fica em local remoto sem acesso à rede elétrica, por exemplo.

A instalação dos painéis causa danos ao telhado?

Não, nenhum dano é causado.

• Em caso de mudança, o sistema solar pode ser deslocado?

Sim, todos os equipamentos podem ser removidos do endereço atual, e reinstalados no novo endereço.

• Como fica a geração de energia elétrica em dias nublados?

Mesmo em dias nublados e chuvosos há a geração de energia elétrica, porém em menor intensidade do que em dias ensolarados.

• A instalação de sistemas fotovoltaicos só compensa em cidades muito quentes?

Não, pois as placas utilizam a luz o sol para gerar energia, e não calor, e inclusive apresentam um rendimento maior em temperaturas amenas. Estudos mostram que o estado do Paraná apresenta um potencial fotovoltaico elevado em relação a outros estados da federação e em relação a Europa, continente onde estão os países que foram pioneiros na instalação de sistemas fotovoltaicos.